Custom Search

Canários Melânicos - Cores

Melânicos Clássicos 

1 - Canários Negros

Eles não chamam tanto a atenção como os canários lipocromicos. Têm uma estrutura melânica formada por  eumelanina negra ou castanha, ou por feomelina castanho-clara. O desenho melânico é composto por marcas, barras, estrias dorsais e nos flancos e asas.
A eumelanina negra é dominante não devendo aparecer o castanho em nenhum ponto.


1.1 - Canário Verde


A eumelanina negra dispersa juntamente com a cor lipocrómica de fundo amarelo dão origem ao canário verde. São semelhantes aos canários existentes em estado selvagem e por vezes aparecem com a designação de negro-ouro. Negro + Amarelo
  • Verde Intenso 
  • Verde Nevado 
  • Verde Mosaico 


1.2 - Canário Bronze (Vermelho)


O canário bronze é o canário negro com fundo vermelho, que por ter a eumelanina dispersa lembra a cor do bronze. Negro + Vermelho
  • Bronze Intenso 
  • Bronze Nevado 
  • Bronze Mosaico 





1.3 - Canário Cinza Dominante


O canário negro de cor de fundo branco dominante tem uma cor chumbo característica destes exemplares. Pode apresentar alguns vestígios de amarelo principalmente nos ombros, sendo penalizados por isso. Negro + Branco






1.4 - Canário Cinza Recessivo

É semelhante ao anterior mas tem uma ausência total de lipocromo. Negro + Sem cor










1.5 - Canário Verde Marfim


Resulta da combinação da cor amarelo marfim com a eumelanina negra dispersa. Tem uma tonalidade verde clara. Negro + Marfim 
  • Verde Marfim Intenso 
  • Verde Marfim Nevado 
  • Verde Marfim Mosaico 





1.6 - Canário Vermelho Bronze Marfim

A combinação do vermelho marfim de fundo com a eumelanina negra dispersa dá uma tonalidade rosa escura. 
  • Bronze Marfim Intenso 
  • Bronze Marfim Nevado 
  • Bronze Marfim Mosaico 





1.7 - Canário Cinza Dominante Marfim


São canários com fundo branco dominante marfim. Têm pouco interesse. 











2 - Canários Castanhos

Nestes exemplares, a eumelanina negra se transformou em cor castanho-escuro. Por vezes confunde-se este castanho com o da feomelanina que é mais clara e rosada. O bico as patas e os dedos devem ser de cor castanho-claro ou escuro. 
Não devem apresentar vestígios de cor negra.



2.1 - Canários Castanhos Amarelos

Resulta da sobreposição de eumelanina castanha dispersa e a cor amarela de fundo. Castanho + Amarelo
  • Castanho-Amarelo-Intenso 
  • Castanho-Amarelo-Nevado 
  • Castanho-Amarelo-Mosaico 





2.2 - Canários Castanhos vermelhos


Combina o fundo vermelho com a eumelanina castanha dispersa.
  • Castanho-Vermelho-Nevado 
  • Castanho-Vermelho-Intenso 
  • Castanho-Vermelho-Mosaico 



2.3 - Castanho Prata Dominante


Devido à ausência parcial de lipocromo é perfeitamente visível a eumelanina castanha dispersa. Apresenta alguma quantidade de amarelo nos ombros.



2.4 - Castanho Prata Recessivo


Semelhante ao anterior mas com ausência completa de lipocromos. 


2.5 - Castanho Amarelo Marfim


A eumelanina castanha dispersa e o amarelo diluído pelo efeito marfim dão uma tonalidade clara, sedosa e suave.
  • Castanho-Amarelo-Marfim Intenso 
  • Castanho-Amarelo-Marfim Nevado 
  • Castanho-Amarelo-Marfim Mosaico 



2.6 - Castanho Marfim Vermelho


Com algumas semelhanças com o castanho vermelho mas mais claro e rosado devido ao efeito marfim.
  • Castanho-Vermelho-Marfim Nevado 
  • Castanho-Vermelho-Marfim Intenso 
  • Castanho-Vermelho-Marfim Mosaico 





3 - Canários Ágata

Uma diluição do canário negro-castanho. É uma propriedade hereditária recessiva, ligada ao sexo, o que faz com que seja possível que alguns machos possam ter esta característica dissimulada. As fêmeas Ágata nunca podem ser heterozigóticas.
A mutação afeta a eumelanina negra concentrando-a no eixo central da pena deixando os bordos despigmentados. A feomelanina está reduzida ao máximo.
Os canários ágata têm na cabeça máscaras típicas que consistem numa linha de cor gorda sobre os olhos e numa "barbela" ágata, de cor escura, semelhante às do canários selvagem de Moçambique.
As córneas, o bico, as pernas, as patas e as unhas, são claros, de um cinzento-chumbo.



3.1 - Canário Ágata Amarelo

Sobreposição do amarelo com a eunelanina negra dispersa
  • Ágata Amarelo-Intenso
  • Ágata Amarelo-Nevado
  • Ágata Amarelo-Mosaico





3.2 - Canários Ágata Vermelho


Sobreposição do vermelho com a eunelanina negra dispersa.

  • Ágata Vermelho-Intenso
  • Ágata Vermelho-Nevado
  • Ágata Vermelho-Mosaico



3.3 - Canário Ágata Branco Dominante


Devido à ausência parcial de lipocromo, é visível o desenho melânico sobre fundo branco. O amarelo pode aparecer nos ombros mas é de evitar.









3.4 - Canário Ágata Branco Recessivo 















3.5 - Canário Ágata Amarelo Marfim

Distingue-se do ágata amarelo pela cor mais suave e clara e pela plumagem mais sedosa e compacta.
  • Ágata Amarelo-Marfim-Intenso 
  • Ágata Amarelo-Marfim-Nevado 
  • Ágata Amarelo-Marfim-Mosaico 



3.6 - Canário Ágata Marfim Vermelho

O lipocromo nestes exemplares e rosa pálido.
  • Ágata Vermelho-Marfim-Intenso 
  • Ágata Vermelho-Marfim-Nevado 
  • Ágata Vermelho-Marfim-Mosaico 







3.7 - Canário Ágata Branco Dominante Marfim 










4 - Canários Isabel
Os canários Isabel não procedem de uma mutação propriamente dita mas sim da combinação de duas: a que dá origem aos canários castanhos e a que dá origem aos canários Ágata.
O bico, as patas, os dedos e as unhas devem ser de tom rosado, sendo os melhores exemplares os que as apresentem mais claras. 


4.1 - Canário Isabel Amarelo
  • Isabel Amarelo-Intenso 
  • Isabel Amarelo-Nevado 
  • Isabel Amarelo-Mosaico 







4.2 - Canário Isabel Vermelho


Isabel Vermelho-Intenso
Isabel Vermelho-Nevado
Isabel Vermelho-Mosaico








4.3 - Canário Isabel Branco Dominante
 












4.4 - Canário Isabel Branco Recessivo 










4.4 - Canário Isabel Amarelo Marfim

Isabel Amarelo-Marfim-Intenso
Isabel Amarelo-Marfim-Nevado
Isabel Amarelo-Marfim-Mosaico









4.5 - Canário Isabel Vermelho Marfim

Isabel Vermelho-Marfim-Intenso
Isabel Vermelho-Marfim-Nevado
Isabel Vermelho-Marfim-Mosaico





Nenhum comentário:

Postar um comentário