Custom Search

Tricomonas - Tricomoníase

Uma doença muito comum nos pombos que acaba sendo transmitida aos canários. Começou na Europa e América do Norte e  em 2003-2004 a doença se espalhou em aves que viajavam para eposições, chegando até o continente da África e América do Sul. Agora a Tricomonas é cada vez mais comum nos canaris do mundo inteiro.


TRANSMISSÃO 
A Tricomonas é uma doença causada por um protozoário parasita, Trichomonas spp.
A transmissão ocorre de forma muito, muito rápida e a ave que aparecer com a doença deve ser isolada rapidamente e todo o canaril deve ser muito bem desinfetado. Caso contrário, em dia todas as suas aves estarão com o mesmo problema e a taxa de mortalidade é altíssima, apenas poucas aves conseguem se salvar da Tricomona.


SINTOMAS
O canário fica sem penas no rosto e com um ou mais abcessos amarelados (purulentos) nos olhos e sacos faciais. A ave coça o rosto, se esfregando contra grades e poleiros, arrancando penas desesperada. Depois ela fica muito quieta o dia inteiro, parada em um poleiro.

A Tricomoníase existe em duas formas diferentes, dependendo se a infecção ocorre nos seios faciais ou nos sacos aéreos.


  • Sacos de infecção aérea
Os sacos de ar são inflados pela infecção (Eles ficam sob os olhos do canário) e por isso causam o aumento no volume dos olhos. A ave coça a face até arrancar penas e deixar a pele aparecendo. O inchaço dos sacos aéreos e globo ocular é realmente grande, e a infecção não apresenta pús. 

  • Infecção do sinus
Neste caso as penas que ficam ao redor dos olhos se contaminam com a secreção que sai do globo ocular, provocando uma inflamação grande e com secreção amarela ou levemente esverdeada. As pálpebras incham e o olho da ave ficam constantemente molhado com a secreção purulenta. O olho incha muito e a secreção que vai secando irá fechar o olho do animal. A ave morre com cerca de 8 dias após os sintomas inicarem, caso não tenha um tratamento forte e correto.


TRATAMENTO
Primeiro de tudo isolar a ave!!! Ao em poucos dias todos os seus canários estarão doentes.
Coloque a ave em outra gaiola e deixe-a em um cômodo diferente de onde as outras ficam. A gaiola que o canário ocupava antes de ser isolado deve ser totalmente limpa e desinfetada, inclusive grades, poleiros, ninhos, comedouros, bebedouros... Tudo! Para evitar que todos adoeçam.
Alguns medicamentos só existem em poucos estados do Brasil, então você deve procurar o remédio que existe na sua região.
  • Ronidazole
  • Dimetridazole
  • Clavamox
  • Ornicure
  • Terricil Pomada
  • Microresp

Você pode, paralelamente ao uso do medicamente, limpar o rosto e os olhos do canário com soro fisiológico, preferencialmente resfriado para ajudar a diminuir a inflamação. Limpando com soro fisiológico você tenta diminuir a quantidade de secreção e impedir que o olho se feche e cole.


Nenhum comentário:

Postar um comentário