Custom Search

Canários de Cor - Melânica e Lipocrômica

Classificar todos os canários de cor é impossível pois existem milhares de variações cromáticas. Todos os anos são inventariadas novas tonalidades, vindas da dedicação dos muitos canaricultores espalhados pelo mundo.

Em 1992, a COM (Confederação Ornitológica Mundial) definiu um padrão Internacional para os canários de cor. Oficialmente eles passaram a ser divididos em dois grandes grupos, que serão explorados individualmente em outros posts.


  • Canários Lipocromicos
  • Canários Melanicos



OS CANÁRIOS LIPOCROMICOS

São os mais coloridos. Eles possuem um pigmento chamado de lipocromo ou "cor de fundo" além da ausência de melanina. Isso significa que a ave inteira é colorida uniformemente, desde onde as penas nascem. O principal, e mais famoso, integrante é o canário amarelo. Famoso entre os canários de cor e presente em vários canários de porte que só exitem na cor amarela.
A partir daí, o canário lipocromico, independente da sua cor, pode ser classificado de 3 formas:

- Intenso
- Nevado
- Mosaico
- Marfim

Intenso - Nestes o lipocromo cobre toda a pena até às bordas, deixando-a completamente colorida. Devido à sua coloração intensa, estes canários parecem ser mais pequenos do que os outros.

Canário Intenso

Nevado - Nestes o lipocromo não se estende até à ponta das penas, deixando uma auréola branca, sem cor, nas extremidades. O aspecto nevado deve ser uniforme em todo o corpo, mas é mais percebido nas penas pequenas presentes no peito e cabeça do canário.

Canário Nevado

Mosaico - Os canários mosaico são os que possuem mais dimorfismo sexual. Muito fácil de identificar os sexos, nos machos o lipocromo se concentra na máscara facial (rosto, ao redor dos olhos, etc), ombros, peito e rabo, com o restante da plumagem de cor branca. Já as fêmeas possuem um lipocromo menor que marca de leve os olhos e os ombros, deixando-a quase totalmente branca.

Canário Mosaico Macho

Marfim - A principal cor do lipocromo dos canários mosaico é o amarelo e o vermelho, mas criou-se um canário mosaico com tom opaco, pastel. Estes canários receberam a  classificação de Marfim ou Ivore. O dimorfismo sexual se dá da mesma forma que nos mosaico.

Canário Marfim Fêmea

OS CANÁRIOS MELANICOS

Estes canários apresentam uma estrutura melânica negra ou castanha (com eumelanina), ou castanha clara (com feomelanina. A cor neles não é lisa, a melanina é marcada por linhas, tiras, estrias que formam um desenho nas penas. Estes canários podem ser:

Totalmente Marcados - A melanina está presente em toda a ave que possue uma cor uniforme, variando em tons de marrom e negro. As estrias e marcações estão presentes no dorso, asas, cauda e flancos.

 


Mosaico, Intenso ou Nevado Melânico - Apesar de ser melânico, ele pode ter uma cor gorda, amarela, vermelha ou branca, formando um canário mosaico, intenso ou melânico aplicadas da mesma forma que nos canários lipocromos.

 


Nenhum comentário:

Postar um comentário