Custom Search

Princípios Básicos para Iniciantes

Ninguém nasce sabendo criar canários, então todos nós passamos pelo nível de iniciante.
Problemas aparecem e conforme vamos passando pelos problemas e aprendendo a superá-los, vamos nos tornando criadores mais experientes. Então é importante conversar com alguém que cria canários há muito tempo, pois esse criador certamente já passou por todos os problemas que um dia você pode passar. E você queé criador, não esqueça de não confiar em vendedores de petshops! Tem muita gente que deita e rola em cima de pessoas inexperientes... Procure um criador de canários e tire suas dúvidas diretamente com ele... Vá na petshop já sabendo o que você quer.
 
Tempo Disponível

É muito importante salientar que o tempo que você irá dispor para tratar e fazer a manutenção dos seus canários deve ser compatível com o número de pássaros que serão criados. Na época da cria o número de aves dentro do criadouoro duplica e muitas vezes triplica, ocupando um tempo ainda maior do criador. Se você não tiver tempo de cuidar do plantal, você não poderá dar a atenção necessária a todas as aves: verificar os fundos das gaiolas, os poleiros, observar se nenhum filhotinho caiu do ninho, etc. Ou seja o rendimento do seu plantel vai cair e muito.

Espaço Físico

A superpopulação é super prejudicial na criação de canários, acarretando uma significativa queda da fertilidade e da postura, como também aumentando o nível da mortalidade.
O lugar onde serão instaladas as gaiolas deve ser um quarto ou cômodo com iluminação e ventilação bem satisfatórias, pois são quesitos fundamentais para manter a “boa” saúde das suas aves. A ventilação e troca de ar deve ser constante, evitando assim que as aves respirem o ar saturado, que é propício para a proliferação dos ácaros e consequentemente para o surgimento de doenças respiratórias.
Ao mesmo tempo que deve ser ventilado para a troca de ar, as aves não podem receber corrente de vento para não resfriarem.O piso não deve ser feito de madeira e nem possuir buracos ou fendas, já que estes são excelente morada para os piolhos, ácaros e microorganismos. O piso ideal é liso, facilitando a limpeza diária do criadouro. É bom lembrar que a visita de certos insetos, principalmente o pernilongo, é totalmente indesejável. Por isso o criador deve colocar telas na janela e nas saídas de ar para que os insetos estejam impossibilitados de adentrar ao criadouro.

As Gaiolas

Para separar os casais para a criação, a gaiola mais indicada é a Argentina, a qual possui uma divisória que facilita a separação de filhotes para que a mãe inicie nova postura. Estas devem ser dispostas (penduradas) em suportes apropriados, os quais mantém as gaiolas afastadas da parede ou com encostada na parede se esta for de cerâmica. As gaiolas devem estar pelo menos a 30cm do chão facilitando assim a limpeza do piso. Assim que possível, deve-se adquirir uma voadeira, na qual serão colocados os filhotes já separados dos pais e os pais de vez em quando para que voem, se fortaleçam e fiquem felizes.

A Compra das Matrizes

Não adianta apenas comprar aves de criadores bons, estes canários devem estar com excelente saúde e apresentar qualidades técnicas dentro dos padrões exigidos. Está enganado aquele que pensa que que os grandes criadores só possuem aves de excelente qualidade para a venda, sim eles possuem ótimos exemplares, mas também possuem aqueles pássaros que tecnicamente deixam um pouco a desejar e que são vendidos para iniciantes ou petshops.

Alimentação

Mistura de sementes: Deve ser de origem conhecida e com o mínimo de poeira ou sujeira. Preste bem atenção no estado das sementes, não podendo ser notado nenhum tipo de fungo ou bolor nas mesmas. Quando aparecer uma areia no fundo do recipiente das sementes você deve peneirá-la para retirar este pó e manter apenas as sementes limpas.

Farinhada: Deve ser oferecida aos canários diariamente na época da cria e muda, e três vezes na semana em época de descanso. Existem disponíveis no mercado farinhadas de excelente qualidade, algumas que até já possuem o ovo. Você também poderá elaborar a sua farinhada caseira, para isso consulte um criador experiente e pegue a receita dele, isto diminui e muito o custo com a alimentação. Também existem farinhadas com cataxantina, especiais e unicamente para canários com fator vermelho.

Areia: É muito importante, pois todos nós sabemos que as aves a utilizam como meio triturador de alimentos em seu organismo, pelo fato de não possuírem dentes. É importante que você escolha uma areia bem limpa, e acrescente nela farinha de ostra ou então casca de ovo moída, sendo estes excelente fonte de cálcio (muitas areias para aves já são vendidas com essas taxas equilibradas, não necessitando misturar nada nela).

Também pode oferecer às suas aves, verduras frescas almeirão, jiló e maçã, os quais são muito bem aceitos pelas aves.A couve é fundamental para os canários e o ovo cozido é importante quando estiverem criando filhotes.
Não se esqueça de trocar a água diariamente, evitando assim o aparecimento de fungos.

Reprodução - Cruza

A época mais adequada para o início da reprodução é apartir da segunda metade de agosto. Vou dar um passo a passo de como fazer a reprodução do modo mais correto:

1 -No mês de julho separe os machos, deixando-os sozinhos em sua respectivas gaiolas de criação.
2 - Lá pelo dia 10 de agosto coloque a divisória na gaiola, deixando a fêmea no outro compartimento.
3 - Comece a reparar no comportamento do casal, assim que você notar a simpatia entre eles, como o macho alimentar a fêmea através da grade divisória, é sinal de que está na hora de juntá-los. Outro sinal é  a fêmea ficar batendo as asinhas e piando na grade para o macho... Isso significa que ela quer gala.
4 - Retire a divisória, coloque o ninho e ofereça constantemente material para construção, como fios de aniagem ou estopa cortada em pedaços de 5cm. Tanto o macho quanto a fêmea construem o ninho e se faltar material para a construção, aniagem, eles podem pegar pedaços de jornal do fundo da gaiola, restos de legumes ou verduras, penas caídas ou arrancar penas do parceiro para por no ninho. Por isso, deixo sempre estopa cortada no fundo da gaiola, para evitar que os canários construam o ninho com lixo... =p

Postura

As fêmeas costumam botar de 4 a 5 ovos, um por dia, os quais você pode ou não substituir por um index (ovinho de plástico), no quarto dia de postura junte-os de volta ao ninho para que assim a fêmea possa chocá-los juntos. Entre o quinto e o oitavo dia de choco você deverá verificar se os ovos estão fecundados (cheios). Para isso é necessário que você construa um ovoscópio, que pode ser feito com uma caixa velha ou então uma lata. Aproximadamente no 13o dia os ovinhos eclodirão.

Filhotes
 
Nos primeiros 7 dias de vida é aconselhável que o criador utilize o auxílio de uma papinha própria para alimentar os filhotes. Você deve dar uma gotinha que seja de papinha 3 vezes por dia ou sempre que você olhar e ver que o papinho não está com comida. Isso deve ser feito apenas para que você tenha certeza que os filhotes não estão passando fome e não vão desnutrir. Tanto o pai quanto a mãe alimentam e cuidam dos filhotes, mas as vezes eles podem alimentar mais um que o outro ou passar muito tempo sem alimentá-los. Com a prática de dar a papinha você garante que eles não vão morrer de fome.

Anilhando

Lá pelo 6o ou 7o dia de vida devemos anilhar o filhote.O anel é importante pois nele estão gravados o seu número de criador, o número do filhote e o ano em que ele nasceu. Estes anéis são fornecidos pela FOB, e podem ser encomendados em seu clube. Para anilhar o filhote precisa-se ter muito cuidado pois eles ainda estão muito frágeis nesta época. O anel deve ser introduzido na pata do filhote passando-se primeiramente os três dedinhos dianteiros, ficando o dedinho traseiro junto à canela do filhote. Este passa pelo anel logo em seguida.
Tome cuidado, procure anilhá-los se possível no final da tarde, pois a fêmea pode estranhar a anilha jogando o filhotinho para o fundo da gaiola. Se isto acontecer camufle o anel com uma fita adesiva (esparadrapo). Após aproximadamente uns 15 dias os filhotinhos já estarão quase cobertos pelas novas peninhas. Está quase na hora de separá-los da mãe. Espere eles saírem do ninho por vontade própria, você pode deixar o ninho mais perto do fundo da gaiola para evitar que os filhotes pulem e se machuquem. Eu costumo colocar um pedaço de jornal ou papelão no fundo da gaiola para que os filhotes não quebrem as patas na grade... Quando eles já estiverem usando os poleiros você pode retirar e deixar apenas a grade no fundo. Coloque a divisória separando os filhotes dos pais (os pais podem alimentá-los atraves da grade ainda) e troque o forro do ninho por um bem limpo, pois com certeza a fêmea iniciará uma nova postura em breve.
Coloque no lado da gaiola em que ficaram os filhotes um bebedouro baixo, um potinho com sementes e outro com farinhada, e fique observando se eles já estão se alimentando sozinhos. A partir deste momento, você já poderá separá-los dos pais, mas apenas quando tiver certeza de que estão se alimentando sozinhos e bebendo água no bebedouro! Coloque-os em uma voadeira, acumulando no máximo de 15 a 20 filhotes em cada uma, para que os jovens canários possam fazer seus exercícios de vôo livremente. E não se esqueça de oferecer banho a eles.

A Muda

Logo após o período de cria, digo meados de janeiro até março, os filhotes e seus pais irão mudar de pena. É uma das fases mais críticas da vida deles, crítica porque eles utilizam muito da sua energia na troca de suas penas. Nesta época aconselho a você colocar os filhotes nas gaiolas argentinas em no máximo 4 aves por gaiola, passando os pais para as voadeiras, separando os machos das fêmeas.

8 comentários:

  1. Oi tudo bem?Olha vou te contar o que aconteceu hoje.Meu canario passou o dia ontem sem cantar e olha que ele canta muuito,mas ontem ele só piava e chamava, ele não aparentava está doente agia normalmente apenas não cantou,quando fui vêlo hoje pela manhã quanse caí para traz quando ví um ovo na gaiola,o ovo era azul bem clarinho,hoje ele continua sem cantar só pia e chama.Meu vizinho está louco com a ideia de o meu canario que canta mais e em um tom maior do que o dele por um ovo kkkkkk,minha pergunta é,femeas cantam igual a machos?machos podem por ovos? OBS:se vc puder me passar um e-mail te mando os videos dele ou dela cantando e te mando a foto de ovo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. raoni, seu canário vivia sozinho na gaiola? por que se sim, ele é uma femea. eu tinha uma femea que cantava, igualzinho aos machos, mas ela cantava mais baixinho.
      tem até um post aqui, onde fala do canto dos canários, que eu conto da minha femea que canta!

      Excluir
  2. Ola Vivian.

    Primeiramente fico agradecido por fazer uma propaganda da gaiola transparente, mas preciso informar que a mesma não é feita de acrílico. Por ela ser transparente, é facilmente confundida por acrílico, mas ela é feita de um material muito mais resistente, ela é feita de policarbonato, um material super resistente a quedas e impactos.
    Criei um facebook para mostrar outros modelos, o titulo é Gaiola Plástica.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. olha rodrigo, vamos colocar um post divulgando seu face! obrigado
      * moderador *

      Excluir
  3. Parabéns pela bela iniciativa de ajudar o proximo .
    Comprei um casal de canario , onde os mesmo vieram no carro quente . e quando cheguei em casa percebi que o macho estava a maior parte do dia de bico aberto . Então me orientaram e assim eu fiz o uso de ALLAX , por uma vez , e meu canario não apresentou melhoras . Dai hoje um amigo me disse pra usar um outro medicamento , sendo aplicado 1 gota em cada narina . Queria usar o PROPOLIS , ja que ele é natural . como faço ?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. paulo, vc pode colocar 3 gotas de propolis no bebedouro dele. mas precisa mudar a agua todos os dias pq o propolis estraga!
      faça isso por uma semana e tenha certeza que seus canários estao dormindo cobertos por um pano e longe do sol ou de correntes de vento/chuva

      *vivian*

      Excluir