Custom Search

Piolhos














Definição:

Esses seres tão pequenos quando são vistos pelos criadores, já causaram um enorme dano à saúde dos pássaros. Piolhos são ectoparasitos, ou seja, são parasitas que se localizam na superfície do corpo dos animais.

Nas aves podem ficar na pele ou nas penas. Alguns podem também estar presentes no pavilhão auricular (ouvido) e nas narinas, assim como traquéia e nos sacos aéreos, por terem um contato próximo ao meio externo (nesses casos causando xiado quando a ave respira).

Os piolhos podem se esconder nas frestas das gaiolas, dos poleiros e em outras partes, muitas vezes indo ao encontro das aves no período noturno. Em alguns casos foram encontrados ninhos de piolhos nos cantos e frestas da superfície onde a gaiola se encontra, sendo então mais difícil acabar com toda a colônia de um só vez.

Eles agarram-se à pele dos pássaros, havendo a necessidade de se soprar forte ou com os dedos abrir a plumagem para evidenciá-los. As aves mais afetadas por tal enfermidade são as mais velhas e aquelas que não tem o hábito de se banhar.

Estes parasitas são conhecidos como piolhos-mastigadores, pois se alimentam de restos de penas, pele e pêlos do hospedeiro.


Sintomas:

Os pássaros afetados por esses parasitos mostram-se irritados, colocam o bico entre as penas do corpo, das asas e da cauda, com o desejo de arrancar algo que as incomoda. Os piolhos começam a sugar o sangue das aves e dependendo do grau de infestação as aves podem apresentar um ou mais sintomas, tais como:

• Anemia • Perda de apetite • Irritabilidade• Alteração de empenamento • Lesões de pele • Queda de plumas • Perda de brilho • Param de cantar • Deficiência de cor • Fraqueza • Morte

Todos esses sintomas variam conforme a gravidade da infestação e demora do início do tratamento.

Tratamento:

No tratamento de piolhos em aves de gaiola, comumente utilizam-se os piretróides. Atualmente, alguns criadores têm utilizado produtos à base de fipronil, por sua segurança e eficiência. O fipronil deve ser aplicado na forma de spray em um pedaço de algodão e então aplicado atrás da cabeça, entre as asas e base da cauda da ave. Repete-se a cada 2 a 4 semanas a aplicação. As aves não devem ser muito encharcadas pois podem apresentar hipotermia (temperatura do corpo baixa).

Outra opção é o uso de Allax (comprovadamente eficaz), medicamento próprio para o combate a piolhos de ave e que deve ser aplicado com apenas 2 gotas na nuca do canário. Abra as plumas e assopre para ver a pele da nuca da ave e então pingue as duas gotas. O canário irá se coçar e arrumar dessesperadamente as penas por alguns segundos, mas é normal.
As 2 gotas de Allax são dose única e só esta só deve ser repetida após 15 dias se a infestação ainda persistir.


Prevenção:

A forma mais simples e econômica de se controlar uma doença em um criatório é a prevenção. Para prevenir novas infestações por piolhos, é importante, antes de mais nada, tratar os doentes. Outro passo importante é o isolamento de animais recém chegados ao criatório, a conhecida quarentena. A "vassoura de fogo" pode ser muito eficaz na desinfecção de gaiolas de metal e das instalações resistentes ao fogo, requerendo no entanto, um cuidado extra para ser feita em local distante dos pássaros, ou, que se esvazie completamente o criadouro antes de aplicá-la, evitando-se o risco de acidentes com os pássaros e com os tratadores.

Como os principais afetados por essa enfermidade são animais mais velhos e aqueles que não se banham, uma medida importante é selecionar aves para seu plantel que tem o hábito de se banhar. Dessa forma podem ser dados banhos esporádicos de solução de água com vinagre para melhor prevenção (alguns criadores não aprovam esta técnica por dizer que o vinagre tira o brilho das penas). Se as aves estiverem infestadas por piolhos, após o banho com vinagre é possível ver alguns piolhos na água, o que não acontece durante os banhos comuns.Pode-se colocar também um chumaço de palha de aço nos pregos que sustentam as gaiolas, para dificultar o acesso desses parasitos até a ave.

E nunca esqueça que o mais importante é estar sempre observando seus pássaros para que qualquer problema seja rapidamente identificado e mais facilmente tratado.

Falha de plumagem em decorrência de piolhos.

Para saber como anda a “infestaçăo” de piolhos no seu canaril é só proceder da seguinte maneira: escolha 8 a 12 gaiolas em locais diferentes do criadouro e coloque a noite, uma banheira branca com água em baixo do canário dormindo. Pela manhă retirar o recipiente e examinar a água com uma lupa. Qualquer quantidade de piolhos encontrada será significativa e servirá como um alerta, para que medidas higięnicas sejam tomadas, e depressa!


2 comentários:

  1. como fazer com que o passaro aprenda a se banhar?? vc pode me ajudar??

    ResponderExcluir
  2. Jalles, compre um borrifador de água, coloque a gaiola no sol e de algumas borrifadas para que o canário se refresque e veja que é bom. Quando ele começar a tufar as penas você deve colocar na gaiola a tijela de banho! Ela não deve ser muito funda, caso contrario o canario fica com medo de entrar. Voce pode usar o borrifador sempre, até que seu canário irá procurar agua para se lavar.

    ResponderExcluir