Custom Search

Fraturas

Quando ocorre de a ave quebrar um osso, a primeira providência é retirar os poleiros e colocar água e comida a disposição da ave.
Dessa forma o canário não tentará apoiar a pata quebrada nem se equilibrar no poleiro e ao ficar com os pezinhos aberto no fundo da gaiola (preferencialmente apenas o jornal, retire a grade de proteção também.) será mais fácil cicatrizar os dedos de forma correta.

Será necessário encanar o osso com gesso dissolvido em água ou álcool, que levará mais ou menos um mês para colar. Se for a perna que quebrou, pegue um canudinho de refresco cortado ao meio, coloque as duas partes na perna e passe o gesso, deixando uns 45 dias, após retire o gesso.

Se for a asa que quebrou, será necessário cortar todas as penas da asa, dependendo da fratura, tente encaná-la com gesso.
Dedos fraturados precisam ser imobilizados juntos, você deve amarrar com uma fitinha os tres dedos dianteiros da ave para que o fraturado fique em linha reta. Geralmente, quando o criador percebe o dedo fraturado já é tarde demais para enfaixa-lo e o correto é deixar que a ave fique sobre o jornal e sem poleiros para que tenha uma boa cicatrização. A administração de desinflamatórios na água também ajuda muito. Você pode oferecer 3 gotas de Bactrim ou de Própolis na água (que serve para qualquer inflamação).
Dependendo da região do Brasil em que você esteja, se você conseguir Arnica líquida, passar na parte fraturada da ave e esperar secar algumas vezes por dia irá agir quase que milagrosamente.

Como eu disse, fraturas de dedos são fáceis de cuidar, porém patas e asas fraturadas requerem maiores cuidados para que você não perca sua ave. Caso não consiga resolver o problema, o melhor e mais correto é levar a ave a um veterinário, que esta mais acostumado a fazer estes serviços. Boa sorte!

Nenhum comentário:

Postar um comentário